Autorretrato I


Meu nome é Luís Carlos… [ri]. Figueiredo Neto. Sou vendedor de picolés na orla de Santarém. Estou em Santarém há quatro anos e oito meses. Há quatro anos, vendo picolés. Sou natural de Manaus (AM). Tenho 58 anos. Conheci a minha (ex) mulher e vim para Santarém. Nós viemos em 2005. Em 2006, a gente se separou.

Fui embora para Natal (RN). Eu tinha um patrão que me levou para lá. Tive a oportunidade de estudar e trabalhar. Trabalhava como empregado doméstico. Estudei todo o ensino médio em Natal. Fiz o Enem em 2010. Passei para Ciências da Computação na UFRN. Preparei toda a documentação. Na hora de começar, vim embora para cá [Santarém]. Acabei fazendo isso. Não sei explicar. Uma leseira…

Morei cinco anos e quatro meses em Natal. Retornei para Santarém em 4 de abril de 2011 e estou até hoje.

Espalhei muitos currículos. Um empresário me disse: “Você, com todo este currículo, arranjar emprego em Santarém, arranja não. Amazonense logo…”. É aquela coisa de paraense com amazonense, carioca com paulista… Aquela rixa.

O primeiro trabalho [em Santarém] foi um serviço de um cidadão, um amigo de Manaus, que estava com dois carros no prego. Ele não me pagou. Deu uma gratificação.

Sou mecânico, mas não posso trabalhar. Meu braço tem problema.

Depois, caí nessa [vendedor de picolés]. Isso foi através de um amigo, já falecido. Não achava nada em Santarém. Isso aqui não é uma profissão, é uma UTI do trabalhador. Já é o último caso. Há um constrangimento direto para qualquer um que trabalha com picolé, vendas nas ruas… São muitos [constrangimentos]. Humilhação… A gente se sente humilhado.

Mas, graças a Deus, eu não ligo tanto para aqueles que dizem as coisas, mas sim para aqueles que nos tratam bem. Eu chego com os estudantes e digo assim: “Eu te dou um picolé e você me responde tal pergunta”. Nisso, sou conhecido na orla de Santarém como “Tiozinho”, mas tem pessoas que levam na maldade.

Faço perguntas, brinco com o pessoal, pessoal brinca comigo. Dentro do respeito, claro.

De lição, eu tiro muitas. Os conselhos que me dão… As palavras amigas… E aqueles que têm suas palavras amargas, também são lições. Por que? Quem está dentro, sabe o que é uma dificuldade. É bom pela liberdade que a gente tem e a conversa com o povo. A nossa liberdade.

Tenho minha folga às quartas-feiras. Quanto não, folgo o sábado e o domingo.

Moro sozinho em Santarém. A minha filha mora em Brasília. Trabalha no Superior Tribunal de Justiça. Eu esqueci o telefone dela, e ela não sabe o meu. Não mantemos contato há três anos. Sinto muita falta.

Quando estive em Brasília, eu me encontrei com ela. Fui em 2010. Uma oportunidade dada pelo meu patrão. Peguei o ônibus e fui bater em Brasília num feriado longo. Eu gosto muito de andar. Numa casualidade, quando fui atrás de uma informação no Superior Tribunal de Justiça, encontrei com ela. Por um acaso. Ela me reconheceu. Até então, a gente não se via há 10 anos.

Sonhos
Penso voltar a estudar, em fazer um curso profissionalizante e um novo projeto para minha vida. Penso em segurança de trabalho e alguns outros.

Enquanto há vida, há esperança. Acreditar em Deus. Rezar e orar e cada um dentro da sua religião, sem ter preconceito.

Meu sonho de realização… Aí, você me pegou… Ter uma casa porque eu moro de aluguel.

O que me faz sorrir é a alegria que a vida nos dá e sentir a presença de Deus. A vida em si é boa. Basta a gente saber levar.

[O que deixa triste] é a falta dos meus amigos de Natal. Dona Lucinha, o Marcelo, o Jurandir… É uma lista muito grande.

Solidão não existe. O que existe são momentos de bom pensar. Solidão é você entregar.

Canon 3000 N EOS + Konica VX iso 400


O Konica VX é um filme com cores bastante pálidas. Bom para quem deseja trabalhar temas melancólicos e mórbidos. Possui grãos bem visíveis.

Nas imagens, fiz pequenas edições de cor/contraste.

………………………..

A reprodução das imagens é livre, desde que mediante a citação do crédito “Luís Gustavo/lgcorporativo.com”.

Reproduction of the images is free, provided by credit citation “Luís Gustavo/lgcorporativo.com”.

Panorâmica


Canon_3000N_EOS_lomography_CN_100_santarem_para

 

Santarém, Pará. Ao fundo, o encontro dos rio Tapajós e Amazonas.

……………………….

A reprodução das imagens é livre, desde que mediante a citação do crédito “Luís Gustavo/lgcorporativo.com”.

Reproduction of the images is free, provided by credit citation “Luís Gustavo/lgcorporativo.com”.

O amor vence o ódio


Autor: Luís Gustavo

Câmera: Canon 3000N EOS
Filme: Lomography CN 100
Light leak acidental

A imagem foi registrada num cemitério de Santarém, Pará. Nas minhas andanças pelas ruas da cidade, decidi visitar o local por ser inusitado.

Fui num final de tarde. Havia uma árvore completamente seca, que combinava com a imagem prévia que temos de um cemitério, de ser um local sombrio.

Percebi que inúmeros pássaros se acomodavam na árvore e passei a registrar. Os túmulos apertados e o entrelaçamento dos galhos atrapalhavam.

A lente pesada e sem estabilizador – além da câmera de tripé – também era uma adversidade.

O resultado está acima, que permite inúmeras interpretações.

……………………..

A reprodução das imagens é livre, desde que mediante a citação do crédito “Luís Gustavo/lgcorporativo.com”.

Reproduction of the images is free, provided by credit citation “Luís Gustavo/lgcorporativo.com”.

Panorâmica – Horizon Kompakt


santarem-para_horizon_kompakta_lomografia_cerpa

Câmera: Horizon Kompkt
Filme: color negative
LomoHome/Lomography
Tumblr

A reprodução é permitida, desde que sem fins comerciais e citada a fonte (lgcorporativo.com). Reproduction is permitted provided that no commercial purposes and the source is cited (lgcorporativo.com).

Bicicletas, barcos e bajaras. Santarém, Pará – Canon EOS 3000N


Câmera: Canon EOS 3000N

Filme: Konica 400 vx

Maio/2012

Santarém, Pará, Brasil

Lomohome: http://www.lomography.com.br/homes/lgcorporativo

Fotografia analógica – Redscale – Canon EOS 3000N


Câmera: Canon EOS 3000N

Filme: Lomography Redscale iso 50-200

Santarém, Pará, Brasil

A reprodução é permitida, desde que sem fins comerciais e citada a fonte (http://lgcorporativo.com). Reproduction is permitted provided that no commercial purposes and the source is cited (http://lgcorporativo.com).

Flickr: http://www.flickr.com/lgcorporativo

Tumblr: http://lgcorporativo.tumblr.com

Fotografia analógica – Santarém, Pará – La Sardina


Orla de Santarém, Pará

Câmera: La Sardina Quadrat

Técnica: dupla exposição

Filme: Lomography Tungsten iso 64

Abril, 2012

A reprodução é permitida, desde que sem fins comerciais e citada a fonte (http://lgcorporativo.com). Reproduction is permitted provided that no commercial purposes and the source is cited (http://lgcorporativo.com).

Flickr: http://www.flickr.com/lgcorporativo

Tumblr: http://lgcorporativo.tumblr.com

Fotografia analógica – Santarém, Pará


Câmera: Canon 3000N EOS
Filme: Lomography Color Negative iso 100
Julho/2012
Santarém, Pará, Brasil

A reprodução é permitida, desde que sem fins comerciais e citada a fonte (http://lgcorporativo.com). Reproduction is permitted provided that no commercial purposes and the source is cited (http://lgcorporativo.com).

Flickr: http://www.flickr.com/lgcorporativo

Tumblr: http://lgcorporativo.tumblr.com

Cotidiano em redscale


Orla de Santarém
Vendedor de picolés
Câmera: Canon EOS 3000N
Filme: Lomography Redscale iso 50-200

A reprodução é permitida, desde que sem fins comerciais e citada a fonte (http://lgcorporativo.com). Reproduction is permitted provided that no commercial purposes and the source is cited (http://lgcorporativo.com).

Flickr: http://www.flickr.com/lgcorporativo

Tumblr: http://lgcorporativo.tumblr.com

Lomografia – Igreja do Santíssimo – Dupla exposição


Santarém, Pará, Brasil.
Abril, 2012
Câmera: La Sardina Quadrat
Filme: Lomography Tunsgten iso 64
Revelação: C-41

A reprodução é permitida, desde que sem fins comerciais e citada a fonte (http://lgcorporativo.com) Reproduction is permitted provided that no commercial purposes and the source is cited (http://lgcorporativo.com)

Flickr: http://www.flickr.com/lgcorporativo

Tumblr: http://lgcorporativo.tumblr.com

Lomografia – Igrejas sob múltiplas exposições


Igrejas do Santíssimo e Matriz de Santarém, Pará, Brasil
Câmera: La Sardina Quadrat
Filme: Lomography Tungsten iso 64
Técnica: múltipla exposição. Fotograma exposto quatro vezes, sequencialmente, em partes diferentes, com o uso de splitzer manual sobre a lente da câmera.
Abril, 2012

A reprodução é permitida, desde que sem fins comerciais e citada a fonte (http://lgcorporativo.com). Reproduction is permitted provided that no commercial purposes and the source is cited (http://lgcorporativo.com).

Flickr: http://www.flickr.com/lgcorporativo

Tumblr: http://lgcorporativo.tumblr.com

Lomografia – Vendedor ambulante


 

Orla de Santarém, Pará, Brasil
Câmera: La Sardina Quadrat
Filme: Lomography Tungsten iso 64
Abril, 2012

A reprodução é permitida, desde que sem fins comerciais e citada a fonte (http://lgcorporativo.com). Reproduction is permitted provided that no commercial purposes and the source is cited (http://lgcorporativo.com).

Flickr: http://www.flickr.com/lgcorporativo

Tumblr: http://lgcorporativo.tumblr.com

Lomografia – Orla de Santarém – Dupla exposição


Orla de Santarém, Pará
Câmera: La Sardina Quadrat
Técnica: dupla exposição
Filme: Lomography Tungsten iso 64
Abril, 2012

A reprodução é permitida, desde que sem fins comerciais e citada a fonte (http://lgcorporativo.com). Reproduction is permitted provided that no commercial purposes and the source is cited (http://lgcorporativo.com).

Flickr: http://www.flickr.com/lgcorporativo

Tumblr: http://lgcorporativo.tumblr.com

Lomografia – Orla de Santarém – Dupla exposição


Orla de Santarém, Pará
Câmera: La Sardina Quadrat
Técnica: dupla exposição
Filme: Lomography Tungsten iso 64
Abril, 2012

A reprodução é permitida, desde que sem fins comerciais e citada a fonte (http://lgcorporativo.com). Reproduction is permitted provided that no commercial purposes and the source is cited (http://lgcorporativo.com).

Flickr: http://www.flickr.com/lgcorporativo

Tumblr: http://lgcorporativo.tumblr.com

Mini monumento dos botos em Alter do Chão


No último dia 16 de maio, anunciamos neste blog a construção de um mini monumento na vila balneária de Alter do Chão, Município de Santarém (PA), em referência aos botos Tucuxi e Cor de Rosa. Agora, apresentamos o resultado: obra concluída. Um bom local para os turistas registrarem imagens. Só acho que as plantas ficaram mal posicionadas, e os botos, como fazem alusão a um festival folclórico, o Sairé, poderiam ter sido desenhados em tom alegre.

Lomografia – Santarém, Pará – Praça do Santíssimo


Praça do Santíssimo. Ao fundo, a Igreja Católica do bairro do Santíssimo, a obra arquitetônica com aparência mais arrojada da cidade de Santarém, Pará, Brasil.
Abril, 2012
Câmera: La Sardina Quadrat
Filme: Lomography Tunsgten iso 64
Revelação: C-41

A reprodução é permitida, desde que sem fins comerciais e citada a fonte (http://lgcorporativo.com) Reproduction is permitted provided that no commercial purposes and the source is cited (http://lgcorporativo.com)

Flickr: http://www.flickr.com/lgcorporativo

Tumblr: http://lgcorporativo.tumblr.com

Foto de Santarém (PA) é selecionada para lançamento de câmera analógica


A Lomography Brasil, empresa/comunidade de fotografia analógica, lança nesta terça-feira (5), a partir das 19 horas, na Gallery Store São Paulo (SP), a nova linha de câmeras “La Sardina”, batizada como “Beach Editions”. E este jornalista/fotógrafo amador/blogueiro tem a honra de participar (não fisicamente) da festa: uma das imagens enviadas – e vencedora – para a competição de fotos com temática “Praia”,  realizada pela Lomography Brasil, é de minha autoria (segue abaixo). O desafio faz parte da ação de marketing para promover as novas câmeras da marca. Outras duas imagens foram selecionadas e também permanecerão expostas, durante este mês, na loja sediada em São Paulo.

Técnica – Utilizei a básica técnica de dupla exposição no mesmo fotograma, cujo resultado é um tanto surreal. O cenário é uma praia que se forma apenas na vazante do rio Tapajós, em frente à orla na cidade de Santarém (PA). Como determinados trechos entre a praia e a orla ainda ficam alagados, há a necessidade de se improvisar pontes de madeira.

Premiação – Ganhei alguns poucos piggies (créditos em compras) da Lomography Brasil, mas a felicidade é ser reconhecido pelo resultado de uma atividade que é despretensiosa para mim: a fotografia analógica.

Comunidade analógica – A Lomography é uma empresa que comercializa sua própria linha de câmeras analógicas, acessórios e filmes, além de agregar uma comunidade de usuários interessados em manter o filme vivo. Está presente em 22 países, conforme informa seu site, entre eles, o Brasil. Foi através da Lomography que despertei o interesse pela fotografia analógica.

Embora o Flickr reúna uma grande comunidade de fotógrafos – amadores e profissionais -, a Lomography parece-me mais consistente enquanto nicho na internet com foco em preservar e reinventar a fotografia analógica, além de aproximar as pessoas que curtem a temática.

Mini monumento dos botos em Alter do Chão


Na praça central da vila balneária de Alter do Chão, Município de Santarém (PA), está em construção um mini monumento dos botos Tucuxi e Cor de Rosa, que lembram o festival folclórico do Sairé, evento realizado pela comunidade, anualmente, nos meses de setembro. Como podem ver, os botos ainda não ganharam cores, mas em breve a obra estará concluída, tornando o local um atrativo a mais para as fotos dos turistas.